Cícero Cattani
26 nov 2015

Voto impresso: Dilma sanciona lei

Roseli Abrão:

Inicialmente ela vetou, mas com a derrubada do veto no último dia 18, pelo Congresso, a presidente Dilma Rousseff promulgou a lei que determina impressão do voto na urna eletrônica.

Segundo o >strong>G1, a decisão da presidente foi publicada na edição desta quinta-feira do Diário Oficial da União.

Pelo texto aprovado na minirreforma eleitoral, o comprovante do voto, que valerá apenas para as eleições de 2018, será depositado em um local lacrado após a confirmação pelo eleitor de que a impressão estava correta.

Alegando alto custo – o impacto é de R$1,8 bilhão – o Tribunal Superior Eleitoral manifestou-se contra a impressão do veto.

Faça um Comentário