Cícero Cattani
28 ago 2017

Um certo sr. Frank Romanoski na comitiva de Richa

<<<Richa e dona Fernanda no Closing Bell, cerimônia que marca o encerramento das atividades diárias na Bolsa de Nova York /

  • –  O governador Beto Richa defendeu nesta segunda-feira (28) que as empresas públicas paranaenses continuem sob o comando do Estado. Segundo ele, no Paraná não há necessidade de privatizar estatais. “Temos empresas sólidas”, destacou durante o Copel Day, evento que marcou os 20 anos do lançamento de ações da empresa paranaense na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).

Participaram da cerimônia a secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; a gerente de Relações com Investidores, Mariceli Santos; o superintendente de Mercado de Capitais, Felipe Pessuti; e o diretor de Finanças da Copel, Adriano Moura; o cônsul do Brasil em Houston, Roberto Ardenghy; o empresário Frank Romanoski”.

O que chama atenção na nota da agência oficial de notícias do Iguaçu é a presença do sr.Frank Romanoski na comitiva paranaense.

O que esse senhor fazia por lá?

O que sabe dele é o que está no Google: Frank Romanoski é presidente da Hand, empresa do Grupo CEFI, especializada em Fusão, Aquisição e Reestruturação de Empresas fundada em 1994, com escritórios em Curitiba-PR e São Paulo-SP.

Em seu portfolio, estão a Copel (consórcio para privatização), Sanepar (pesquisa e treinamento de qualidade) e Prefeitura de Curitiba (avaliação da situação financeira e proposta de securitização).

Comentários

  • Dalton Vizzoni | 29 ago 2017

    Alguém tem dúvida que o Beto Richa quer fazer um “negócio” com a Copel?

Faça um Comentário