Cícero Cattani
25 fev 2018

“Tarde piaste”. O risco de Richa se afogar no mar de lama

Por onde passou pelo Interior, desde quinta,  Beto Richa tem repetido o mantra que mandou apurar “as denúncias feitas pelo MPF”  e que ficará a cargo Corregedoria Geral do Estado esclarecer se tudo é verdadeiro.

Ele mandou apurar o que a Polícia Federal e o Ministério Público Federal já apuraram com riquezas de detalhes. Só não enxerga extensão do escândalo quem não quer admitir a bandalheira e jogar com tempo para não ser engolfado pelo mar de lama do governo

Claro que CGE não vai apurar nada que contraria o já apurado. Puro jogo de cena de um governador desnorteado  em um beco sem saída. O labirinto que Richa terá de percorrer é sinuoso e levará tempo para provar  inocência, omissão ou incompetência por não ter vislumbrado  o que corria no porão do Iguaçu. Nem o cheiro da podridão o fez levantar a bunda da cadeira e, aí sim. mandar apurar o que já sabia de antemão.

Tarde piaste, pintinho.

(Segundo o Novo Dicionário de Expressões Idiomáticas, «tarde piaste» diz-se a alguém que chegou tarde ou interveio tarde num assunto. É dizer alguma coisa depois de passado o momento oportuno, dar uma explicação tardiamente, quando já não pode ter qualquer efeito sobre a situação)

Comentários

  • João Pedro | 25 fev 2018

    É o imprestável do Pepe Richa, quando vai ser preso? Inocente é que não é, só o Nelson Leal

  • penitenciário | 26 fev 2018

    O idiota do beto acha que pode continuar enganando , só falta dizer que além da procuradoria , nomeou uma comissão formada pelos deputados ratinho , nerso justus , trairano e presidida pelo rosconi para apurar os fatos com o maior rigor ! O cmp aqui em quatro barras , te espera canalha !

Faça um Comentário