Cícero Cattani
10 nov 2017

STJ manda tudo do Quadro Negro para o STF


Além de Beto Richa, a operação envolve o chefe da Casa Civil Valdir Rossoni, o presidente da Assembleia Ademar Traiano e o presidente do Tribunal de Contas Durval Amaral.


(Contraponto)  – Por decisão do ministro Hermann Benjamin, do STJ, todo e qualquer evento que envolva indiciados na Operação Quadro Negro deve ser enviado, partir de agora, para o ministro Luiz Fux, relator do processo no Supremo Tribunal Federal (STF), conforme documento obtido com exclusividade pelo Contraponto. Benjamin determinou também à juíza da 9.ª Vara Criminal de Curitiba, Danielle Comar, que remeta todos os autos da ação penal em trâmite na primeira instância para o STF.

A decisão de Benjamin foi tomada após o Ministério Público Federal (MPF) requerer que os tópicos relativos ao conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Durval Amaral, fossem remetidos ao STF, tendo em vista que seu nome foi citado na mesma peça de colaboração premiada firmada pelo delator Eduardo Lopes de Souza (dono da construtora Valor) e já homologada por Fux.

Assim, por conexão, Durval Amaral passa a responder ao STF, juntamente com os deputados Valdir Rossoni, Ademar Traiano e Plauto Miró Guimarães, bem como com o governador Beto Richa.

Do mesmo inquérito faz parte também o ex-diretor da Educação Maurício Fanini, o agente público que operacionalizava as transferências de recursos para a construtora Valor e desta para os demais envolvidos. Fanini e Eduardo Lopes de Souza coincidem nas mesmas versões.

Fanini, preso em Curitiba, já teve sua delação negociada com o Ministério Público Federal em Brasília. E ontem (quarta-feira, 8), segundo fontes do Contraponto, dois procuradores do MPF vieram a Curitiba para cumprir o ritual de legitimação da espontaneidade de sua delação.

Com isso, o próximo passo é a homologação da colaboração premiada de Fanini pelo ministro Luiz Fux.

Comentários

  • SYLVIO SEBASTIANI | 10 nov 2017

    Eles estavam sempre juntos juntos.Eles pensaram ser os Donos do Paraná.

  • Adair de Souza Souza | 10 nov 2017

    Negócios do poder democrático.

  • Rock | 10 nov 2017

    E agora saiu do estado do Paraná a noticia da roubalheira e caiu em nível federal e a cobra vai fumar.

  • Janaina | 11 nov 2017

    Caro Sebastiani….
    Ajude a entregar a corja do 3 andar os próximos de Beto que fazem parte da quadrilha
    Fábio dalazem
    Ricardo rachediiii
    Denilson rodo
    Claudio Pacheco
    Um tal de Anselmo
    E sem falar no assessor de hauli um tal de erasmo
    O próprio hauly
    O vice pref de Curitiba que era também assessor do Beto
    …entrega está corja Sebastiani você sempre foi do bem..e não deixe nada para trás ….e sem falar nas tops que estão a serviço deles

Faça um Comentário