Cícero Cattani
01 mar 2018

Síndrome rara faz Richa anunciar obras torto e a direito

” É um dia histórico para o Paraná e marcante para a educação pública do Estado. Um grande anúncio que fecha com chave de ouro o último ano de governo, comprovando na prática o compromisso que assumimos de tratar a educação pública como prioridade absoluta da nossa gestão”, palavras de Beto Richa ao anunciar um programa de milhões exatamente para área maltratada, segundo professores,  e que deu margens  a Operação Quadro Negro.

A alguns dias antes de deixar  governo para concorrer ao Senado, em meio aos escândalos apurados pelo MPF e Policia Federal.

Puro jogo de cena para enganar os eleitores.

A colunista Ruth Bolognese  suspeita que Beto Richa tenha sido vítima da síndrome que ataca detentores de cargos públicos em ano eleitoral:

– Aquela síndrome raríssima que só atinge prefeitos e governadores candidatos a reeleição, ou os que estão mirando um novo cargo, como o Senado, por exemplo, e que fulminou o prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, pegou no governador Beto Richa. Os sintomas são sempre os mesmos: começa com um estado febril, leve, quando a vítima-candidato anuncia a primeira obra para ser realizada exatamente no ano eleitoral.

Em pouco tempo, o estado febril aumenta e a vítima-candidato sai numa corrida desabalada e começa a anunciar obras pra tudo quanto é lado e a distribuir dinheiro a torto e a direito para prefeituras e aliados. A vítima entra em estado terminal quando acorda de manhã, olha pro Mozão e começa a gritar: “Cadê o dinheiro pras obras? Onde estão mais projetos pra lançar? Cadê os recursos, onde estão os recursos?”

Aí é hora do eleitor sair de fininho e procurar um candidato mais saudável, sugere Bolognese.

Comentários

  • Eduarda Martinez | 01 mar 2018

    Aí que entra o Osmar Dias para concertar essa bagunça.

  • marco | 04 mar 2018

    Espero que os funcionários públicos, principalmente os que fazem parte da Educação, não se esqueçam o quanto este Governador tratou mal os Professores.

  • marco | 04 mar 2018

    O próximo Governador a ser eleito será o Osmar Dias e tenho certeza que irá resgatar tudo o que a Educação perdeu durante este últimos anos.

Faça um Comentário