Cícero Cattani
04 jun 2017

Rodrigo pede para não receber visitas em carta à mulher

<<<Rodrigo e Ana Seleme Rocha Loures, em evento social. –

Assim que chegou à carceragem da Superintendência da Polícia Federal em Brasília, o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures tinha uma preocupação: acalmar a mulher, grávida de oito meses. Para isso, escreveu uma carta — segundo fontes ouvidas pelo GLOBO — para a esposa. Frente e verso de folha de papel foram recheadas de recomendações. Ele não queria que a mulher ficasse preocupada e teria falado que ela deve ter apenas um foco agora: o quarto do bebê.

Rocha Loures teria dito ainda, segundo a fonte, que a mulher deveria avisar aos pais dele que ele não quer receber visitas. O ex-deputado quer evitar o constrangimento e sofrimento dos dois por ver o filho na carceragem.
A carta foi enviada por meio dos advogados de Rodrigo Rocha Loures, que estiveram na Superintendência da PF. Como a prisão de Rocha Loures é preventiva e não temporária, há riscos de ele não estar no parto quando chegar a hora.

Comentários

  • penitenciario | 04 jun 2017

    O rodrigo diz isso pois só faz 24 hora que esta em cana e ainda na pf em brasilia; quando tiver na papuda, com a bandidagem após 12 ou 15 , não aguenta mais dormir, os ¨ amigos ¨ se afastaram, o cara começa a falar sozinho , se urina e se caga e se for um pouco inteligente , entrega o canalha do temer e o bando do pmdb e psdb ; ja disse seria muito bom tambem o beto richa e sua quadrilha !

Faça um Comentário