Cícero Cattani
27 mar 2018

CIA de Richa garante R$ 25 mil mensais a apaniguados


Aos poucos, os paranaenses vão conhecendo as artimanhas de Beto Richa para garantir  nada menos que R$ 25 mil mensais aos apaniguados. Malandragem digna de um Sergio Cabral. Não é que criou sua própria CIA. Não no modelo americano, mas com finalidade bem diferente daquela. Leia o que diz o blog da Roseli Abrão.


Beto cria a CIA no Paraná

Por Roseli Abrão

Depois de a Comissão de Valores Mobiliários vetar – com base na Lei das Estatais – a indicação de seus apadrinhados para integrar o Comitê da Copel, o governador Beto Richa deu um jeitinho de ajudar seus amigos.

Criou a CIA – Comitê de Indicação e Avaliação, órgão colegiado de caráter consultivo e normativo, integrante da estrutura da Secretaria de Estado da Fazenda. Todas as empresas com receita operacional bruta superior a R$ 90 milhões devem criar uma CIA e a remuneração de seus membros fixada pela Assembleia Geral de cada companhia.

A Copel já definiu o valor da remuneração: R$ 25 mil mensais independente de ter ou não assembleia.

A escolha dos nomes foi do próprio governador e integram a CIA o todo poderoso secretário da Fazenda, Mauro Ricardo, o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, o secretário do Planejamento e Coordenação Geral, Juraci Barbosa Sobrinho; o secretário da Administração e da Previdência, Fernando Ghignone; o secretário Especial da Chefia de Gabinete do governador, Deonilson Roldo; e o controlador-geral do Estado, Carlos Eduardo de Moura.

A CIA deixou o líder da bancada do PMDB, deputado Nereu Moura, curioso. Tanto assim que apresentou, ontem, pedido de informações questionando quanto as demais empresas irão pagar aos membros deste comitê e que providências foram tomadas, afinal, a Lei das Estatais também alcançaria este comitê.

O líder do governo, deputado Luiz Claudio Romanelli, pediu para discutir o requerimento, o que deverá ocorrer na sessão plenária de hoje. A expectativa é saber se será ou não aprovado…

Faça um Comentário