Cícero Cattani
02 maio 2018

Requião: “Richa é candidato para reconquistar imunidade”,

Por Catarina Scortecci/De Brasília/Gazeta do Povo –

Na volta do feriado do Dia do Trabalhador, o senador Roberto Requião (PMDB-PR) resolveu subir à tribuna no Senado para atacar um possível adversário das urnas de outubro, o ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB). Assíduo do plenário, Requião geralmente se dedica a temas nacionais no microfone do plenário. Mas, nesta quarta-feira (2), foram quase 20 minutos dedicados principalmente ao Paraná, e aos mais de sete anos de gestão Beto Richa no Palácio Iguaçu. “A novidade por lá é que Beto Richa renunciou ao governo do Paraná para ser candidato a alguma coisa e, assim, reconquistar imunidades”, iniciou o peemedebista.

“Como Beto está enrolado na Lava Jato e em mais quatro outras grandes investigações, o foro privilegiado cairia à fiveleta. As operações atingem o candidato a qualquer coisa e têm nome de batismo, padrinhos, afilhados, compadres e adjacências registrados nos cartórios policiais, nas atas das devassas, nos livros dos malfeitos”, atacou o senador. Na sequência, Requião passou a lembrar de investigações que atingiram o Palácio Iguaçu, da Operação Voldemort à Operação Integração.

“Ah, sim! Como outras vestais da política brasileira, Beto também vestiu a camisa da CBF e foi às ruas, protestar contra a corrupção, com o mesmo arroubo, com a mesma fúria moralista e com as mesmas palavras incandescentes de um Geddel Vieira Lima”, continuou Requião, que também citou a “Batalha do Centro Cívico”, do “balé do Francishini” à “bancada do camburão”, e os aumentos da tarifa de água e de impostos para pequenos empresários.

Requião tem dito que está disposto a concorrer ao governo do Paraná em outubro. Apesar disso, até mesmo aliados próximos apostam na candidatura do peemedebista à reeleição. Em 2018, duas vagas ficam abertas na bancada do Paraná no Senado.

Comentários

  • penitenciario | 02 maio 2018

    Ouvi o seu discurso hoje no senado, orgulho-me de sempre ter votado nesse cara , que só honra o Paraná ; mas fiquei enojado, quando o grande Roberto, disse quanto o lazarento e F D P do beto lixo roubou do nosso Paranaprevidencia , que tinha em caixa 6 BILHÕES de reais das nossas contribuições , sabem quanto foi afanado Paraná por beto , cida , ratinho, traiano e mais quarenta ladrões da assembléia ? Dito pelo REQUIÃO hoje no senado , exatamente QUATRO BILHÕES E SETECENTOS MILHÕES e daí Paraná ? E dai grande , T C E , M P e TJPR , o de vocês tambem foi levado; vocês vão se calar ?

  • professora Eliza | 02 maio 2018

    Tambem vi o discurso , o Requião é muito bom ! Será que a cida , o maridão corrupto, o ratinho e o pai ratão canalha, vão repor o dinheiro que o chefe da quadrilha B E T O L I X O afanou , ou vão dizer que foi o pt e o LULA ! Recado pro SÉRGIO MORO quando for julgar o traste, também foi surrupiado do M P e da magistratura ; isso tudo com a conivência dos quarenta ladrões da assembléia ! Acorda Paraná esses vagabundos nunca mais!

  • CHIBATA. | 03 maio 2018

    As imunidades com foro privilegiado valerão para o período do exercício do mandato ! Aprovado hoje no STF. Portanto ninguém estará imune de falcatruas e maracutaias cometidas e protegidas pela mandante e sua trupe em mandatos anteriores. O Beto Cabral Pachá sangue suga feudal das araucárias e sua trupe estão na mesma trajetória do Cabral do Rio de Janeiro>>>>>##################

  • SYLVIO SEBASTIANI | 05 maio 2018

    E como fica a situação do Ezequias?Colocou o nome da sogra para ser funcionária da Assembleia, sem trabalhar, no Gabinete do Beto Richa.Foi descoberto e abriram processo.Devolveu R$500 mil, mesmo assim deveria ser preso. Foi nomeado Secretário de Estado, foi solto e ainda será que recebe salário? PORQUE NÃO NOMEIAM O LULA MINISTRO DO TRABALHO, ELE DEVOLVE O TRIPLEX E O SITIO E VAI SER MINISTRO DE ESTADO, O TEMER ACERTA ISSO FÁCIL, ACERTANDO ALGUM! ELZA, GOSTOU DESTAS DUAS “PARADAS”/?

Faça um Comentário