Cícero Cattani
30 dez 2017

Retrospectiva da Globo associa Beto Richa à corrupção

A imagem de Beto Richa está definitivamente associada à corrupção: na retrospectiva de 2917 da Globo lá estava o governador. O Paraná também estava presente com a cena hilária do ex-prefeito de Piên ao ser preso escondido no forro da moradia. Nada sobre o Paraná-maravilha que o governador candidato ao Senado tanta apregoa nos comerciais de tevê.

Com uma das duas vagas ao Senado praticamente assegurada, Beto Richa terá de administrar ao longo da campanha de 2018 os processos que correm nos tribunais superiores. Todos por envolvimento em propinas criminosas para a campanha de reeleição. Por enquanto, são três. Um outro (Publicano), voltou à estaca zero.

A coisa poderá ficar preta depois do 7 de abril, quando Richa deverá deixar o governo para concorrer ao Senado. Sem foro, pode ser chamado para conversar com o juiz Sergio Moro.

Comentários

  • penitenciário | 30 dez 2017

    Se for conversar com o moro tudo bem, estará livre e liberto, pois é do psdb ; senão ainda sobra o gilmar vergonha !

Faça um Comentário