Cícero Cattani
03 ago 2017

Resumo. Vitória de Temer custa caro


Câmara dos Deputados barra denúncia contra Temer com placar de 263 contra e 227 a favor que o STF investigasse acusação o presidente. Por Exame Hoje


Dos Jornais

Vitória de Temer custa caro. A vitória do presidente na Câmara teve um custo alto para os cofres públicos e deve afetar o bolso do setor privado, afirma o Valor Econômico. Somente três iniciativas para agradar aos parlamentares – a liberação de emendas, o refinanciamento de dívidas de produtores rurais e o aumento dos royalties da mineração – somam R$ 13,2 bilhões.

Governo prepara novas concessões. Planalto quer mostrar resultado na economia e com isso fortalecer a atual administração para aproveitar o período pós-votação antes da chegada de uma eventual nova denúncia, publica O Estado de S. Paulo.

Janot pode ser processado assim que deixar o cargo. De acordo com a Folha de S. Paulo, alvos da Operação Lava Jato estariam discutindo sobre possíveis ações judiciais contra Rodrigo assim que deixar o comando da Procuradoria-Geral da República.

Política e mundo

Com vitória na Câmara, Temer barra denúncia e sai mais forte. Temer obteve os votos necessários para ter tranquilidade no Congresso. Daí a aprovar reformas como a da Previdência vai uma longa distância. O resultado da votação foi repercutido tanto pela imprensa americana como pela europeia.

Vitória é da Constituição, diz Temer após barrar denúncia. Em pronunciamento após vitória na Câmara, Temer anunciou que vai retomar agenda econômica.

Janot pede inclusão de Temer no inquérito do quadrilhão do PMDB. O procurador afirma que a organização criminosa investigada a partir da delação da JBS é apenas um “desdobramento” da que já era investigada no inquérito.

AGU derruba liminar que impedia alta de combustíveis na Paraíba. A ação havia sido movida pelo Sindipetro-PB e impedia o aumento das alíquotas do PIS/Pasep e da Cofins somente no estado.

Moreira Franco é condenado a devolver R$ 2 milhões para o Rio. O ministro e ex-governador do estado é acusado de ferir a moralidade administrativa ao entregar dois cheques a Jairo Tostes, ex-prefeito de Miracema.

E Mais…

Ex-presidente da UTC deverá pagar R$ 38 mi à Petrobras. A decisão do tribunal, unânime, atende a recurso apresentado pela Petrobras contra decisão do juiz Sério Moro.

Cade aplica multa de R$40 mi à JBS por descumprimento de acordo. Segundo o Cade, em maio deste ano, o JBS desfez a operação com frigoríficos, mas sem seguir as condições pré-determinadas pelo conselho.

Alesat avalia alternativas após bloqueio de venda pelo Cade. O posicionamento unânime do Cade contra a operação inviabiliza uma aliança da Alesat com qualquer outra das três maiores distribuidoras de combustíveis do Brasil – Petrobras, Ipiranga e Raízen.

Cia Hering registra alta de 42,8% no lucro do 2º trimestre. O avanço é atribuído à melhora do resultado operacional e à receita financeira líquida proveniente de uma ação judicial da década de 90.

Suzano tem queda de 79% no lucro do 2º trimestre, a R$199 mi. O resultado da companhia medido pelo Ebitda ajustado foi de 1,157 bilhão de reais, aumento de 19,6% na comparação anual.

Lucro líquido da Duratex atinge R$ 24,767 milhões no 2º trimestre. O montante é 34 vezes maior do que o lucro no mesmo trimestre de 2016, quando ficou em R$ 723 mil.

Faça um Comentário