Cícero Cattani
29 out 2015

Propina

Bem Paraná:

Carlos Alberto Costa, ex-advogado e braço direto do doleiro Alberto Youssef disse durante depoimento à CPI dos Fundos de Pensão na terça-feira, que o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT), João Vaccari Neto estava “por trás” do esquema de propina da Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros). Quando questionado pelo relator da CPI, deputado federal Sérgio Souza (PMDB-PR), sobre a relação com as negociações com Youssef, Carlos Costa negou qualquer envolvimento. Ele relatou ainda acreditar que o dinheiro desviado dos fundos de pensão investigados pela CPI foi usado em campanhas políticas e fundos partidários.

Faça um Comentário