Cícero Cattani
14 maio 2018

Patrulha do Campo, nova maracutaia envolvendo Richa

O engenheiro Nelson Leal Júnior fez a faculdade de engenharia na PUC com Beto Richa. Tornaram-se amigos inseparáveis: aonde Richa ia, em sua carreira política-administrativa, Leal sempre tinha algum cargo de relevância. Até que tudo acabou em escândalo. Segundo  Guilherme Voitch, da Veja, o mui amigo está entregando Beto Richa em delação premiada. Leal está encarcerado na Polícia Federal, a mando de Sergio Moro.

Pior que não se trata da duplicação da duplicação de estrada nem de pedágio exorbitante da Econorte. Leal Júnior revela  maracutaia de Beto Richa ainda não conhecida:  – O ex-diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER), Nelson Leal Júnior, tem dado destaque em sua delação premiada ao programa Patrulha do Campo, destinado à manutenção de estradas rurais no interior do Paraná. As revelações de Leal Júnior sobre os contratos firmados pelo programa implicam o governo Beto Richa, grandes empreiteiras paranaenses e até o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR).

Leal Júnior foi preso em fevereiro na Operação Integração, um desdobramento da Operação Lava Jato que apurava inicialmente as relações indevidas entre as concessionárias de pedágio e o DER. As investigações apontam que propinas e vantagens foram pagas a Leal Júnior e outros funcionários do órgão em troca de favorecimento nos aditivos dos contratos de pedágio da Econorte. De acordo com o MPF, o pedágio cobrado nas rodovias da Econorte era mais caro do que o estabelecido em contrato por causa da corrupção.

Faça um Comentário