Cícero Cattani
10 jan 2018

Para Ratinho Jr. Osmar Dias era o Cara


A jornalista Ruth Bolognese recupera, no Contraponto,  um tema pra lá de atual: a mudança repentina de posições dos políticos, no caso, Ratinho Jr que louvava Osmar Dias e agora terá  de encará-lo, na disputa pelo governo.  


(por Ruth Bolognese) – Quanto tempo um político precisa para mudar de opinião? No caso brasileiro, depende. Pode ser o tempo de uma emenda aprovada. Ou da nomeação do cabo eleitoral para um cargo público.

No caso do deputado Ratinho Jr não foi o tempo, nem os penduricalhos que o fez mudar de opinião, mas a circunstância. Em 2010 ele defendia, com vigor, que Osmar Dias era o melhor nome para governar o Paraná, conforme vídeo… Sete anos e a decisão de concorrer ao mesmo cargo depois, Ratinho Jr se prepara para se desmentir categoricamente. Ao que tudo indica, ele vai enfrentar nas urnas o mesmo Osmar Dias e agora, adivinhem quem é o Cara?

Na circunstância de 2010, o PSC se aliou ao PDT e Ratinho Jr., percorreu o Estado pedindo votos para Osmar e para Dilma Rousseff, candidata a presidente pelo PT, outro partido coligado. Nem ele, nem Osmar Dias querem se lembrar disso agora.

De lá pra cá, Ratinho Jr ainda mudou de opinião duas vezes: aliou-se ao governador Beto Richa, a quem serviu na equipe de Governo, e recentemente, ao concluir que não seria o favorito para disputar o Palácio Iguaçu, se afastou de Beto Richa.

É a politica e suas circunstâncias. Ou a falta de coerência de seus representantes.

Faça um Comentário