Cícero Cattani
04 out 2018

Para João Arruda, intervenção no pedágio é demagogia em véspera de eleição

Do blog da Roseli Abrão:

Adversário de Cida Borghetti na disputa pelo governo do Estado, o deputado João Arruda, do MDB, afirmou que a intervenção no pedágio “não passa de demagogia em véspera de eleição”.

Para Arruda, a iniciativa causou estranheza, ainda mais faltando três dias para os paranaenses decidirem quem irá governar o Estado nos próximos quatro anos.

— Digo isto por que o marido dela (o deputado federal e ex-ministro da Saúde, Ricardo Barros) foi a pessoa que mais trabalhou pela prorrogação dos contratos do pedágio no Paraná, quando eu era coordenador da bancada (em 2015), disse João.

Segundo Arruda, outro fator que causa estranheza na atitude da governadora é que o candidato a vice dela, Coronel Malucelli, assinou junto com o vice do Ratinho Junior (Darci Piana), um documento pedindo o adiantamento da delegação para que eles pudessem prorrogar os contratos do pedágio no Estado.

Assim, a medida anunciada hoje não passa de “demagogia na véspera da eleição”.

— Estes candidatos vestem uma máscara durante o período eleitoral, se escondem atrás das suas posições e opiniões para tentar ganhar a eleição a qualquer preço, disparou.

Faça um Comentário