Cícero Cattani
31 ago 2017

O Homem da Mala. Tudo por 7% de comissão

Na conversa gravada no Jaburu, Joesley Batista disse a Michel Temer que precisava de um novo interlocutor, para substituir Geddel Vieira, sob investigação. Temer sugere que ele procure o paranaenses Rodrigo Rocha Loures. Batista pergunta se pode tratar de tudo com o ex-assessor especial do presidente. Temer responde “tudo”.

Semanas depois, Rocha Loures foi gravado negociando cargos e decisões estratégicas do governo e, em seguida, recebendo uma mala com R$ 500 mil de Ricardo Saud. O ex-deputado do PMDB-PR ,que passou um mês preso, devolveu o dinheiro. Primeiro entregou a mala com R$ 465 mil. Depois depositou em juízo R$ 35 mil. A Procuradoria-Geral suspeita que os R$ 35 mil seria a comissão de 7% que ele teria recebido para intermediar a propina destinada, conforme executivo da JBS, a Temer.

As desventuras de Rodriguinho não param por aí, Nem Temer escapa de uma segunda denúncia da PGR diante da delação do doleiro Lucio Funaro. É a partir dessa investigação que o procurador-geral deverá fazer a segunda denúncia contra o presidente. A expectativa é que isso ocorra até sexta-feira da próxima semana. (Com informações de O Globo)

Faça um Comentário