Cícero Cattani
19 jul 2018

No Iguaçu, “massari”, “pixuleco”, “propina” era “tico-tico”

 – Amigo de infância do ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), o ex-deputado estadual Tony Garcia está perto de fechar aquele que vem sendo considerado o maior acordo de delação premiada do Paraná. Ele já entregou ao Ministério Público diversas gravações de conversas com o antigo chefe e com membros de sua equipe. Se o conteúdo tratasse de amenidades, as fitas não teriam sido oferecidas aos investigadores” – Ricardo Boechat

No glossário para designar dinheiro vindo das empreiteiras, o governador Beto Richa teria contribuído com novo eufemismo: “tico-tico”. Num das gravações feitas por Tony Garcia e entregues ao MPF o então governador aparece cobrando de um conhecido empreiteiro a propina combinada: “sem o tico-tico não há liberação de pagamento”

A propósito, Garcia quer aproveitar a repercussão das denúncias que fará contra o ex-amigo para também concorrer ao Senado.

– “O empresário Tony Garcia será candidato ao Senado pelo PTC, Partido Trabalhista Cristão. É o que informam seus assessores. Eles agregam uma informação inquietante. “Tony está preparado para abrir a caixa de ferramentas e contar tudo o que viu de podre nos bastidores do governo na última década.

Por precaução e diante de mensagens pouco agradáveis, a assessoria reforçou a segurança do chefe”. – Blog Fabio Campana

Comentários

  • Zilvane Fonseca Gois | 25 jul 2018

    É isso aí tem q ferrar com esse ladrão desgraçado chamado Beto Richa vai roubar na cadeia desgraçado

Faça um Comentário