Cícero Cattani
12 set 2018

MP abre inquérito contra o presidente da Assembleia

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) instaurou inquéritos contra os deputados Ademar Traiano (PSDB) (na foto com Ratinho Jr, candidato com o apoio dele) e Plauto Miró (DEM) no âmbito da Operação Quadro Negro, que investiga desvios de recursos de escolas do estado.

Segundo o próprio MP, o esquema desviou mais de R$ 20 milhões da reforma e construção de escolas estaduais.

A investigação contra os dois deputados é baseada no que declarou um dos delatores do esquema, o dono da construtora Valor, Eduardo Lopes de Souza.

O empresário disse que fez entregas de dinheiro pessoalmente a Traiano, dentro da Assembleia e também na casa do deputado. O dinheiro, conforme ele, era para campanha eleitoral.

Souza também afirmou que pediu dinheiro a Plauto Miró (DEM) para tocar obras de escolas. Segundo ele, o deputado cobrou pedágio de 10% para liberar o dinheiro do aditivo.

Ambos negam participação nos crimes.

(Com informações do G1)

Faça um Comentário