Cícero Cattani
12 abr 2018

Histórias da Corte dos Barros

Por Roseli Abrão

1) A ex-primeira-dama Fernanda Richa e seu filho Marcelo queriam a nomeação do vereador Thiago Ferro, do PSDB, para a Secretaria de Esportes de Curitiba para que em seu lugar assumisse na Câmara Edson do Parolin, que é ligadíssimo a Fernanda e que iria comandar a campanha do Marcelo nas favelas. O novo secretario de Esportes é Emílio Antonio Trautwein, muito amigo da família Borghetti, especialmente do irmão de Cida, Juliano.

2) O novo secretario da Saúde, Antônio Carlos Nardi, que foi secretario executivo de Ricardo Barros no Ministério da Saúde, está fazendo uma limpa na secretaria. Não vai sobrar ninguém do Michelle Caputo que saiu para ser candidato a deputado. Todo apoio agora será para Maria Vitoria e Ricardo Barros.

3) Os palacianos vão jogar pesado na candidatura do deputado federal Alex Canziani, do PTB, para o Senado. Pesquisas internas mostrariam que o petebista teria chance. Daí a reclamação de Beto Richa que estaria sendo jogado para escanteio.

Comentários

  • bs | 13 abr 2018

    Justiça divina tarda, mas não falha.

  • penitenciário | 13 abr 2018

    Não acredito que o morador da favela vote no filho do beto ou nele, o favelado pode ser pobre, mas não é mais burro e não vai se enganar mais uma vez . Acorda Paraná desgraça de novo não !

Faça um Comentário