Cícero Cattani
01 ago 2018

Filha de desembargador que livrou Richa de Moro é do PSDB e tem cargo no governo, revela a Gazeta do Povo

Por Euclides Lucas Garcia, Gazeta do Povo –

O desembargador que livrou o ex-governador Beto Richa (PSDB) das mãos do juiz federal Sergio Moro tem a filha nomeada no governo do Paraná pelo próprio tucano. Ela também é filiada ao PSDB. Na segunda-feira (30), Luiz Fernando Wowk Penteado determinou que o inquérito que investiga o suposto pagamento via caixa dois de R$ 2,5 milhões da Odebrecht a Richa em 2014 seja conduzido sob fiscalização da 177ª Zona Eleitoral de Curitiba, e não da 13ª Vara Federal de Curitiba, na qual atua Moro.

Juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) há cerca de dois meses e desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) desde 2001, Penteado concedeu uma liminar a Richa por considerar que não houve “considerável aprofundamento nas investigações” para justificar a remessa do caso à Justiça Federal. “Não existem, em tese, elementos objetivos de conexão entre os supostos crimes eleitorais cometidos pelo investigado e eventuais delitos de competência da Justiça Comum”, escreveu no despacho.

Penteado afirmou que isso não impede que o caso de Richa seja encaminhado à Justiça Comum caso a investigação encontre elementos que indiquem o cometimento de crime comum. A decisão é liminar e ainda será avaliada pelo Pleno do TRE-PR.

Filha do magistrado, a advogada Camila Witchmichen Penteado, de 34 anos, é filiada ao PSDB de Prudentópolis, no Centro-Sul do estado, desde outubro de 2003, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em novembro do ano passado, conforme o Decreto Estadual 8.246, ela foi nomeada por Richa para ocupar um cargo comissionado no gabinete dele. De imediato, foi designada para atuar no Instituto Ambiental do Paraná (IAP). De acordo com o Portal da Transparência do Executivo estadual, Camila recebe salário bruto de R$ 7.072,07.

( Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo)

Comentários

  • Mato | 01 ago 2018

    Quanto o assunto é o PT todos virão um leão para condenar, quanto é o restante todos viram avestruz e enfiam a cabeça no Buraco
    esse é o Brasil da hipocresia

  • Anonimo | 01 ago 2018

    Eita política suja.

    Compram se tudo.

    Aguardem as eleições. A própria governadora em exercício ja nomeou até promoter de festas como CC.

    VERGONHA PRA QUEM PRATICA ESSE TIPO DE ATO E QUEM BENEFICIADO

  • Jeremy Clayton II | 06 ago 2018

    Issope intriga, trata-se apenas de mais uma coincidência! O agora ex-governador jamais nomearia alguém com algum outro interesse que não seja ajudar os menos favorecidos.

Faça um Comentário