Cícero Cattani
27 ago 2018

Fanini promete entregar nomes do propinoduto de Richa

O Antagonista – 

No depoimento que prestou ao juiz Fernando Fischer, na semana passada, o engenheiro Maurício Fanini disse que pretende colaborar com a Justiça, mesmo sem ter um acordo de colaboração homologado.

“Quero colaborar porque estou profundamente arrependido. Quero passar a limpo a desonra que causei a mim e à minha família.”

Segundo o ex-diretor de Engenharia da Secretaria estadual de Educação, o esquema ilícito de arrecadação começou em dezembro de 2001 depois de uma conversa com o próprio governador. “Eu era uma engrenagem”, afirma.
Fanini prometeu entregar, no momento certo, os nomes de dezenas de empreiteiras que pagaram propina para Richa, que concorre ao Senado.

Faça um Comentário