Cícero Cattani
20 out 2018

Ex-deputado André Vargas é liberado após cumprir um terço da pena

O Globo –

O ex-deputado André Vargas, preso desde abril de 2015, foi solto nesta sexta-feira por decisão da 2ª Vara de Execuções Penais de Curitiba. A decisão é da juíza Luciani de Lourdes Tesseroli Maronezi. Ele já cumpriu um terço da pena de 13 anos, 10 meses e 24 dias de prisão. Mas a progressão de regime havia sido condicionada ao pagamento de R$ 1,103 milhão a título de ressarcimento de danos.

A defesa de Vargas conseguiu negociar o pagamento parcelado e, com isso, obter liberdade condicional . O ex-deputado do PT pagará 72 parcelas de R$ 15.332,64. Ele já pagou duas delas e poderá ser preso novamente caso não consiga honrar o compromisso.

Vargas terá de se recolher à residência a partir de 23h, e terá de arrumar emprego formal ou frequentar curso profissionalizante.

“Em acertada decisão judicial, André Vargas obteve livramento condicional e deixou o Complexo Médico Penal após o cumprimento de todos os requisitos legais e inúmeras demandas judiciais opostas em face das lacunas do sistema de execução penal”, afirma nota dos advogados Rafael Guedes de Castro e Nicole Trauczynski, responsáveis pela defesa de Vargas.

Vargas foi condenado por recebimento de R$ 1,1 milhão de propina de uma empresa de publicidade que conseguiu contratos na Caixa Econômica Federal (CEF) e no Ministério da Saúde. Essa sentença foi mantida pelo TRF-4 em novembro de ano passado .

Faça um Comentário