Cícero Cattani
07 jun 2018

De Tony para “BR”: A autoimolação de Beto Richa.

Por Tony Garcia – 

Saindo em defesa de sua “honra” Beto trilha um caminho perigoso. Incide no mesmo erro dos delatados, tenta desesperadamente desqualificar o delator, e mesmo diante de tantas evidências, chama-os de bandidos e réus confessos de crimes praticados.

Esquece, porém, que estes faziam parte de seu círculo intimo de amizades, e como tal, foram trazidos por ele para dentro da administração pública.

Quando Luis Abi caiu em desgraça, (mesmo alertado por mim para não faze-lo), apressou-se em dizer que se tratava de um primo distante, mesmo sabendo ser de domínio público a proximidade entre ambos, e que fatos antigos poderiam facilmente desmenti-lo logo à frente. Foi exatamente o que se deu, tornou-se chacota o “primo distante”.

O mesmo se deu com Ezequias, disse que perdoava o pecador, mas não o pecado. Ato contínuo, criou uma secretaria dando guarida ao pecador para que este tivesse prerrogativa de foro, desmoralizando-se publicamente, pois tal ato ensejava que havia perdoado além do pecador, o pecado.

Recentemente, Deonilson, seu poderoso chefe de gabinete foi exposto em uma gravação comprometedora dentro do Palácio Iguaçu que veio à tona, questionado sobre este fato, disse que não ouvira a gravação, e que Deonilson devia uma explicação a ele.

Ora, Beto, você sabia, sim, da gravação e de seu teor criminoso, fui eu mesmo que levei ao seu conhecimento, e você não tomou nenhuma providência naquele momento. Outra vez erroneamente usou da negação como forma de defesa.

Ontem, dia 5 de junho, o Paraná é surpreendido com matéria explosiva sobre a delação do Fanini, você, mais uma vez, equivoca-se na linha de defesa que adota, além da negação constante, tenta demonstrar indignação com o revelado atacando frontalmente o ex-amigo próximo, ataca também, segundo você, o vazamento criminoso.

Não é disso que se trata, Beto, se trata sim, é de domínio do fato, são várias frentes de acusações de corrupção que convergem em uma mesma direção, com isso, arroubos de indignação soam mais como desfaçatez, deboche, cai na vala comum dos acusados, sugam-lhe desastrosamente a pouca credibilidade que ainda lhe resta.

Está mais que na hora de cair na “real”, delações para serem aceitas, vem corroboradas com farto material probatório. Desqualifica-las precipitadamente, é o mesmo que autoimolar-se em praça pública.

Esperar pra ver!!!

Tony Garcia

Comentários

  • Carlos Henrique Sznelwar | 07 jun 2018

    Comentário certeiro. Esse papinho do Beto já não cola mais. Como se diz, onde há fumaça, há fogo.
    Sim, perdi meu voto ao votar nele – embora, muito mais por falta de opção.
    Pela lógica, está queimado na política. O problema é que, na política, lógica é o que não existe, infelizmente.

  • Paulo Edu Xavier da Silva | 07 jun 2018

    Se as autoridades estaduais, ministério público do Paraná, Tribunal de contas do Pr, Assembleia Legislativa, TJPr, etc, fossem mais sérias e realmente exercessem a postura que a sociedade civil espera, estes agentes públicos eleitos teriam mais respeito com a coisa pública a que juram administrar com honestidade. Porém estes órgãos unidos na corrupção pública, chefiados pelo governador do estado, onde formam uma quadrilha que visa assaltar os cofres públicos estão sempre protegidos pelos próprios coleguinhas do TCE, ALPr, TJPr. que também sugam suas parcelas de recursos do estado através dos vultuosos repasses que acertaram com o governador do estado para que sempre haja uma complacência na fiscalização de suas atitudes.
    Ou seja, todos têm telhados de vidro e todos se protegem, ninguém denúncia ninguém, fingi-se que existe a fiscalização, mais em tronca de benevolências, nada é revelado ou tudo é engavetado neste rall estadual.
    Se as autoridades competentes fossem de fato buscar as corrupções ocorridas somente na Copel, Sanepar, Pr.Previdencia,Compagas, Fomento Pr. Descobririam inúmeras irregularidades, onde comprometeria o ex-governador.
    Vamos fazer um pente fino só na COPEL para ver o tamanho da corrupção que ocorreu no último governo.
    É muito maior do que estas operações que está nos noticiários.
    É ainda corremos o risco de eleger o Beto Corrupto para nos representar no senado por oito anos.

  • Chibata. | 07 jun 2018

    O carretel se desenrolando…Parece que está se igualando à feitos delituosos do Cabral do Rio de Janeiro ???

  • Mato | 08 jun 2018

    E não esta igualando os feitos???
    ou só é bandido quem seu ego deixa????
    ou quem te interessa???
    Os fatos estão ai é tão corrupto qto o Lula e o Cabral, falta apenas o desenrolar das investigações q no caso do Cabral e do Lula eles já estão na cadeia e pro seu a corrupto de estimação falta pouco

Faça um Comentário