Cícero Cattani
11 out 2018

Datafolha: Bolsonaro 58%, Haddad 42%. No Sul, Bolsonaro 60%, Haddad 26%

A primeira pesquisa do Datafolha neste segundo turno mostra o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, com 58% dos votos válidos contra 42% do candidato do PT, Fernando Haddad.

Brancos e nulos somam, segundo o Datafolha, 8%. Apenas 6% se declaram indecisos.

Divulgada agora há pouco pela Folha de S. Paulo, a pesquisa ouviu 3.235 pessoas em 227 municípios nesta quarta. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

No primeiro turno, Bolsonaro teve 46% dos votos válidos e Haddad, 29%.

Segundo o Datafolha, o voto de Bolsonaro está bastante distribuído pelo país. Como no primeiro turno, ele só perde regionalmente para Haddad no Nordeste, onde o petista tem 52% dos votos totais, contra 32%.

O deputado vence com folga na região mais populosa, o Sudeste: 55% a 32% dos votos totais. Seu melhor desempenho é no Sul, 60% a 26%, seguido pelo Centro-Oeste (59% a 27%). No Norte, vence por 51% a 40%.

Segundo ainda a pesquisa, confirmando a tendência registrada ao longo da campanha, as mulheres dão menos apoio a Bolsonaro, 42% dos votos totais. Entre homens, ele atinge 57%.

A equação é invertida na intenção de voto para Haddad: o petista tem 39% entre mulheres, empatando na margem com o deputado, e 33% do eleitorado masculino.

Pretendem votar em Bolsonaro pessoas mais ricas (62% nos segmentos entre 5 e 10 salários mínimos e acima de 10) e escolarizadas (58% de quem tem ensino superior).

Haddad vai melhor no outro extremo, apoio de 44% de quem tem só o ensino fundamental e o mesmo índice entre os mais pobres (renda familiar média mensal até 2 salários mínimos).

De acordo com a matéria da Folha, o Datafolha comprova o apoio maciço a Bolsonaro entre os evangélicos, grupo privilegiado em suas manifestações e intenções programáticas. O deputado tem 60%, contra 26%, entre eles. Já entre os católicos, a disputa está em 46% a 40% para o Bolsonaro

Faça um Comentário