Cícero Cattani
26 mar 2018

Com Temer/Meirelles candidato, Osmar ficaria sem o MDB

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, decidiu deixar o cargo no início de abril, filiar-se ao MDB e tentar viabilizar sua candidatura ao Palácio do Planalto.  Caso  Temer decida-se concorrer, ele vislumbra a vice. Batido o martelo,  MDB do Paraná terá que rever o apoio a Osmar Dias, irredutível com  o irmão Alvaro do Podemos. Ainda terá  Ricardo Barros  mexendo os pauzinhos para lançar Orlando Pessuti ao governo.

Um  desastre para Osmar, que teria de imediato a perda de preciosos minutos no programa eleitoral. Cida, além do próprio PP, ela deverá contar com o apoio de PSDB, DEM, PTB, PSB, PPS, Pros, PMB, PHS, PMN, SD e PSL. Isso garantiria cinco minutos dos 12 minutos e 30 segundos do horário eleitoral.

Osmar, com o tempo do MDB, teria algo perto de 3 minutos. Por ora, devem formalizar apoio ao pedetista  PRB, PV e Podemos.

Faça um Comentário