Cícero Cattani
26 set 2017

Com aprovação de 38%, Richa garante vaga ao Senado

Mal Beto Richa teve tempo para comemorar a pesquisa que lhe dá cerca 38% de aprovação – o suficiente, se mantida neste nível, para garantir a uma das duas vagas ao Senado – as “forças do mal” insistem em alimentar nas mídias os processos contra ele no Superior Tribunal Federal. Ele parece estar blindado.

“Não tenho dúvidas de que a [operação] Quadro Negro é um inibidor para que ele melhore em popularidade. Mas se não vier uma operação policial, fica a denúncia pela denúncia, fica o diz que me diz”, analisa Murilo Hidalgo, do Paraná Pesquisa. “Uma coisa é muito clara: todo dia tem denúncia. Então, se não houver operação policial, a denúncia não vai abalar [a imagem do governador], ou abala muito pouco”, avalia.

Richa vem de uma lenta recuperação, principalmente em pequenos colégios eleitorais. Encontra barreiras em Curitiba e Região Metropolitana, onde os índices de reprovação teimam em ficar em torno dos 70%, mesmo assim ainda com cacife para se eleger senador.

– “A melhora dele se deu principalmente no interior do estado, nas pequenas cidades. E isso se revela pelo fato de ele ter voltado a atender os municípios. Isso, no interior, pesa muito. [A inauguração de] uma creche numa cidade com 10 mil, 12 mil habitantes, conta muito”, pontuou Murilo Hidalgo, do Instituto Paraná Pesquisas

“Consequentemente, essa região é onde o governador tem o maior índice de desaprovação. Enquanto em outras regiões do estado o porcentual de moradores que desaprovam o governo não excede os 55%, na Metropolitana de Curitiba esse índice é de 68,2%”.

.

Comentários

  • Zangado | 27 set 2017

    O povo insosso do Paraná gosta de ser enganado com pesquisas insidiosas …

  • joaquim antonio calixto junior | 16 out 2017

    Até quando esse povo do Paraná, vai deixar de ser boi de curral pelo amos de Deus.

Faça um Comentário