Cícero Cattani
25 ago 2017

Blogs. Beto vende até a mãe?

Por Roseli Abrão

O senador Alvaro Dias, pré-candidato do Podemos à Presidência da República, não perdoou o governador do Paraná, Beto Richa, em entrevista à imprensa em Porto Alegre.

Segundo o jornal Correio do Povo, ao ser questionado sobre o pacote de privatizações do governo Temer e especificamente sobre o fato do Paraná ter aderido, junto com outros 17 Estados, ao programa de privatização do saneamento que o BNDES promove, Alvaro disparou:

— Não condeno a competição entre empresas privadas operando em um setor, mas preservando as empresas públicas competentes, até como referência e parâmetro para fixação de tarifas. No Paraná a Sanepar sempre foi considerada modelo para a América Latina. O Estado aderiu porque quem está lá vende até a mãe. Depois não entrega, mas vende, provocou.

Sem credibilidade

O presidente Michel Temer também não escapou das criticas do senador paranaense.

Segundo Alvaro, o presidente “não tem credibilidade para fazer as reformas anunciadas”.

— Há um ambiente favorável às privatizações no país porque existe a exata noção do rombo praticado por políticos em empresas estatais, mas isso não significa que o patrimônio público estratégico deva ser leiloado na bacia das almas, disse, referindo-se especialmente à Eletrobras.

Faça um Comentário