Cícero Cattani
09 jul 2018

Análise. Uma cilada para Moro

Por Roseli Abrão, blog –

A coluna “Painel”, da Folha de S. Paulo relata que integrantes de tribunais superiores chegaram a duas conclusões sobre o imbróglio de ontem envolvendo o ex-presidente Lula:

1) a decisão em que o desembargador Rogerio Favreto mandou libertar Lula estava errada e 2) o juiz Sergio Moro escorregou numa casca de banana atirada pelos petistas ao reagir à ordem.

Segundo o “Painel”, para ministros do STJ e do STF o PT conseguiu expor o voluntarismo de Moro, reforçando a tese de que ele não é imparcial nos casos do ex-presidente”.

Para os ministros, “o PT obteve a única vitória de médio prazo possível: fazer Moro errar. Na avaliação deles, o juiz pisou em falso ao ordenar que a PF não cumprisse a ordem de soltura, em afronta à hierarquia do Judiciário, e quando mobilizou outros juízes do TRF-4 para derrubar a decisão”.

Segundo relatos, diz o “Painel”, “Moro chegou a ligar para o diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, para argumentar contra o cumprimento da decisão de Favreto”.

Assim, para os ministros do STJ e do STF, “mesmo que a ordem do desembargador tenha sido teratológica, Moro errou ao se insurgir. Sua posição será explorada em ações no Conselho Nacional de Justiça e pela defesa de Lula nos recursos às cortes superiores.

Comentários

  • Pandora | 10 jul 2018

    Moro… por pura vaidade, acabou deixando sua máscara cair e mostrou ao mundo que realmente é suspeito para julgar Lula.

Faça um Comentário