Cícero Cattani
27 ago 2017

Amigo de Temer ganha R$ 1 bi só com anúncio de privatizar

A quem interessaria a privatização da Copel? No caso da Eletrobrás, só o anúncio da sua venda rendeu a um amigo de Michel Temer mais de R$ 1 bilhão na Bolsa. Quem revela é Janio de Freitas, na Folha:

  • –  Não é supérflua a notícia sobre o primeiro interessado na compra da Eletrobras, tão logo foi divulgado o propósito de vendê-la. É José Abdalla, quarto maior acionista da empresa, maior acionista privado, cuja fortuna ganhou mais R$ 1 bilhão na Bolsa só com o anúncio da privatização, dono de múltiplos negócios –e integrante do círculo de amigos do denunciado Temer. Por aí se vê a dimensão da empresa e do negócio tratados pelo governo como coisa comum, sem estudos amplos e profundos de suas implicações”.
  • Atenção, pois: Nesta segunda,  o governador Beto Richa participa da Copel Day, data que marca os 20 anos do início da venda de ações da estatal paranaense de energia na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse). O evento inclui uma apresentação do potencial do Paraná para investidores.Ainda em Nova York, Richa vai apresentar o Estado em encontro organizado pelo grupo Itaú. Em seguida, viaja para Boston. Na capital de Massachusetts, fará três apresentações sobre o Paraná, no dia 30 de agosto. A agenda inclui reuniões com empresas de investimentos Wellington Management, Fidelity Investments e The Boston Company.

Comentários

  • Fernão Bines | 28 ago 2017

    Bom lembrar que o Beto Richa já era da turma do Lerner, e dos que queriam vender a Copel no passado recente. Ele, o Beto era deputado e votou a favor da entrega da Copel. Agora então ….

Faça um Comentário