Cícero Cattani
04 nov 2015

Ameaça de bomba interrompe reunião com deputados

BandNews:

Uma reunião no Congresso da Argentina onde estavam quatro deputados estaduais do Paraná teve que ser interrompida por uma ameaça de bomba. Outros nove paranaenses também estavam no local. O incidente aconteceu na noite desta terça-feira (03), durante o Encontro Latino-Americano de Alternativas ao Extrativismo. Ao todo, trezentas pessoas estavam presentes – entre elas cinco senadores e 19 deputados sul-americanos.

O deputado estadual Rasca Rodrigues (PV), um dos paranaenses que estão na Argentina, conta que uma ligação anônima levou a Polícia Federal da Argentina a interromper a sessão.

Apesar do susto, não houve tumulto. Os policiais procuraram por artefatos explosivos durante aproximadamente uma hora. Sem encontrar sinais de alguma bomba, a sessão foi retomada em outro salão do Congresso, considerado mais seguro.

A comitiva paranaense segue no país vizinho para avaliar os impactos ambientais de um método de fraturamento hidráulico conhecido como fracking. O método possibilita a extração de combustíveis líquidos e gasosos do subsolo. Uma polêmica gira em torno do fracking porque ainda não se calculou os prejuízos ambientais causados por ele – e por isso ele é proibido em alguns países da Europa. Os deputados participam deste encontro na Argentina para trazer informações para o estado, já que a Copel que aumentar nos próximos anos as áreas de exploração com este método no Paraná. Após o encontro no Congresso, os parlamentares viajaram nesta quarta-feira para a cidade de Añelo, onde visitam poços de perfuração explorados pelo método fracking.

Faça um Comentário