Cícero Cattani
18 abr 2018

Aécio Neves réu é duro golpe em todo o PSDB

– A decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) de, por unanimidade, aceitar a denúncia contra o senador Aécio Neves, tornando-o réu de uma ação penal por corrupção ativa e obstrução da Justiça devido a um suposto empréstimo recebido em malas de dinheiro de Joesley Batista é um duro golpe não apenas no ex-candidato tucano à presidência da República como em todo o PSDB”.

A avaliação é de Nerval Pereira.

No Paraná, parece que só o Ricardo Barros quer o PSDB como aliado. Neste caso, em verdade, o que o marido da governadora candidata Cida Borghetti quer é o tempo de televisão dos tucanos. Barros está de tal maneira comprometido com todas as tribos, que terá de se desdobrar em muitos para garantir palanque para Geraldo Alckmin e a outros, como a Joaquim Barbosa (PSB) que vem a galope na corrida presidencial.

No atual cenário, Barros aposta  que o tempo de televisão e a maior parcela do Fundo Partidário darão vantagens aos grandes partidos. E que valerá a pena engolir a tucanada.

E pelo andar da carruagem, Beto Richa pode naufragar na pretensão de chegar ao Senado são e salvo dos processos a que reponde por corrupção e outros casos cabeludos.

Para Nerval Pereira,  fica quase impossível Aécio Neves tentar a reeleição ao Senado, e até mesmo uma cadeira na Câmara dos Deputados em Brasília parece fora de seu alcance neste momento.

Faça um Comentário